Acervo Privalia

Moda rápida: como funciona?

de Privalia (14 julho 2010)

Grandes marcas como Zara, C&A, Renner, Marisa e Arezzo são apenas alguns dos nomes que estão no mercado brasileiro e seguem o modelo de negócio vindo da Europa chamado fast fashion. Mas como funciona isso?

Estas marcas vendem peças que estão super na moda, tendências imediatas da rua, porém com preços muito baixos e competitivos. Elas conseguem este modelo de negócio por diversos motivos, um deles é porque eles possuem um sistema de produção de peças muito ágil. No caso da Zara, em 15 dias eles produzem um modelo, desde a criação e confecção até a entrega na loja. Sem contar que tudo se esgota facilmente, já que nas lojas as coleções são menores, tanto em grades como em possibilidades de cores e estampas. Outro ponto é que ao invés de ter uma grande coleção com um único tema, na mesma loja você poderá encontrar diversas coleções e estilos diferentes. Por estes fatores, sempre que você vai à uma dessas lojas e deixa a compra “pra depois”, ao voltar, a peça já acabou. Desta forma os consumidores destas marcas sabem que, se encontram algo que gostam, precisam comprar naquele exato momento. Diferente de uma marca “normal”, onde a cada 6 meses uma nova coleção é lançada, sendo que a cada 2 ou 3 meses, peças novas são introduzidas na loja.

Outro fator muito importante é que essas peças fast fashion não são feitas para durarem muito tempo. O preço é mais baixo, mas a qualidade também. Por este motivo, fica uma dica: compre nestas lojas aquelas peças mais diferentes, características da estação. Mantendo assim o seu guarda-roupa básico com peças de alta-qualidade, haja vista que você vai usar mais e por mais tempo as peças básicas em comparação às peças icônicas.

Pelo mundo afora, existem lojas maravilhosas de fast fashion, como a sueca H&M (que vira e mexe ameaça abrir no Brasil), a japonesa Uniqlo e a inglesa Top Shop. Para atiçar ainda mais a vontade de consumo, todas essas marcas costumam lançar coleções assinadas por grandes estilistas ou celebridades, por exemplo a H&M já teve coleções assinadas por Madona e Viktor&Rolf e a Top Shop fez parcerias com Kate Moss e Lily Allen. Aqui no Brasil, a C&A fez coleções com o estilista Reinaldo Lourenço, a marca Espaço Fashion e cantora Beyoncé, entre outras. A última novidade da C&A é a coleção assinada pela modelo Isabeli Fontana (fotos que ilustram este post), anunciada no último SPFW. Além de roupas, esta edição trará acessórios, calçados e lingeries, e poderá ser encontrada nas lojas a partir de 15/07. Melhor correr!

Fotos divulgação

A Privalia preserva seu direito autoral, citando a fonte de todas as obras disponibilizadas em seu blog nos posts. Para saber mais, clique aqui.

Compartilhe!

Sobre o autor
Privalia

Privalia

Deixe seu comentário