Acervo Privalia

Capas na passarela

de Privalia (18 abril 2011)

O primeiro look do desfile de inverno 2011 da Christian Dior resumiu bem uma das principais tendências da temporada: o mistério. O clima misterioso foi representado pelas capas, uma peça que dá um ar glamouroso a qualquer produção. Se usada da maneira correta, não tem como a peça ficar com cara de figurino se super herói ou alegoria de carnaval. Vide os bons exemplos das passarelas internacionais. No já citado desfile da Dior, o look ficou com uma cara mais dramática, já que a capa era longa e era acompanhada de bota cano longo e chapéu. Hermès e Chloé seguiram o mesmo caminho da grife que contava com John Galliano até esta estação. Na DKNY e na Pucci o modelo desfilado foi mais curto. Pena que o Brasil não tem um inverno tão rigoroso. Mas em alguns estados, como o Rio Grande do Sul, bem que a tendência poderia ser adotada.

Compartilhe!

Sobre o autor
Privalia

Privalia

Deixe seu comentário